h1

About

As aspirações da minha  produção se encontram na inter-relação criada entre o indivíduo e seu meio, pautando suas histórias, trocas e  resquícios. A partir deste pensamento, surgem as questões que dão corpo aos projetos, geralmente elejo um assunto que me incomoda ou que me atrai e parto para materializar o projeto independente do suporte. O resultado final pode ser; objeto, fotografia, instalação, vídeo, intervenção ou performance.

Faz parte do meu processo de construção reaproveitar materiais, e os objetos com os quais trabalho são objetos que encontro ou que me encontram e estão relacionados com o meu cotidiano e com o simbólico deste cotidiano. Assim como imagens provenientes deste cotidiano que formam um arquivo a serem usadas posteriormente.

Nos meus últimos projetos, existe uma forte presença da ação do homem com relação ao meio ambiente, não com pensamento ativista mas sim comportamental. Nada jamais é permanente ou parado, existe um processo de investigação, uma forma de abordar o mundo não como um série de verdades precisas, mas em termos de questões e possibilidades.

Qualquer que seja o cenário, o protagonista é sempre o ser humano, em meio ao desejo e à falta. O motor que move o trabalho é sempre o dilema da vida humana diante das inúmeras possibilidades.

 Angella Conte

 

The aspirations of my production are established in the interrelationship   created between the individual and his environment, basing his stories, trade and remains. From this thought, arise issues that embody the projects, usually I choose a subject that bothers me or attracts me   and I begin materializing the project no matter the media. The final result may be; objects, photography, installation, videos, intervention or performance.

It’s part of my construction process reusing materials, and the objects which  I work are the objects that I find or find me and are related to my daily routine and the everyday symbolic of this. Also the images from this daily routine   that form a file to be used later.

In my last projects, there is a strong presence of  men’s action in relation to the environment, not with an activist thought but behavioral. Nothing is ever permanent or stationary,  there is a process of research, a way of approaching the world not as a precise series of truths, but in terms of questions and possibilities.

No matter the scenario, the protagonist is always the human being, between the desire and lack. The engine that drives the work is always the dilemma of human life facing endless possibilities.

 

Angella Conte 

 

 

One comment

  1. Olá, tudo bem?
    Queria deixar um grande beijinho e dizer que estive a ver o site com atenção e gostei muito. Achei-o muito intuitivo e facil de aceder ás informações.
    Cada vez mais gosto das peças que faz e quem sabe um dia ainda consigo comprar uma para mim :o) Quando vier novamente a Portugal com uma exposição não deixe de me avisar para eu poder ir ver de perto.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: